quarta-feira, abril 27, 2005

Mais uma Tese - Segurança da Informação em Bibliotecas e Arquivos Digitais

Mais um colega do MEIBD (my live is not isto ;-) que vai defender a sua tese (... e eu vou lá estar para dar «aquela força» e registar o momento!):

Pereira, Pedro Fernandes (2005), Aspectos da segurança da informação em Bibliotecas e Arquivos Digitais: uma análise ao caso português. Lisboa, DCTI/ISCTE - Defesa na próxima 2ª feira, 2 de Maio, a partir das 10:30, no Auditório Afonso de Barros, ISCTE [Nota: procurar mais entradas (indexadas pelo Technorati) com a palavra ].

Resumo: A segurança da informação digital é uma preocupação crescente, seja pelo aumento da sua quantidade e valor, seja pelo crescimento de ameaças e possíveis ataques.
Nas bibliotecas e arquivos digitais a situação não é diferente, levando a um aumento da quantidade e qualidade da informação disponível, mas também dos riscos, quer ao nível da segurança física, quer ao nível da segurança lógica.
Então é apresentado um estudo sobre a realidade das bibliotecas e arquivos digitais portugueses, a partir de um inquérito, cujos resultados vêm confirmar a necessidade de continuar a investir na segurança das bibliotecas e arquivos digitais, como forma de reduzir o risco.
A apresentação de um conjunto de "boas práticas" constitui um elemento fundamental de todo o trabalho. As "boas práticas" apresentadas podem ser adaptadas a outras realidades para além das bibliotecas e arquivos digitais.
A análise do caso concreto da Fundação Mário Soares, enquanto exemplo representativo da realidade portuguesa ao nível das bibliotecas e arquivos digitais, vem mostrar um exemplo real de como a segurança pode ser um elemento chave do sucesso para uma organização. Neste caso, o core business é a informação digital, seja para consulta remota, seja para consulta presencial.
Para esse sucesso contribui também a aplicação das "boas práticas", que permitem reforçar a segurança, corrigir falhas e apresentar propostas que promovam a interacção custo, benefício e risco.
O presente trabalho, dada a dinâmica e constante mutação da informação digital, não pode ser considerado como um trabalho final, mas antes um trabalho exploratório e de ponto de partida onde a Segurança, a Informação e o Utilizador e têm o papel principal.

Palavras-chave: Segurança da Informação, Biblioteca Digital, Arquivo Digital, Internet.

Sem comentários: