terça-feira, novembro 16, 2004

Mais uma Tese - Gestão do Conhecimento

Deste vez foi o Leonel que esteve a defender a sua tese, sobre Gestão do Conhecimento, recorrendo ao estudo de caso - Leonel Alegria (2004). Gestão do Conhecimento: Estudo de Caso no Departamento de Pesquisas e Intervenção da Administração Central. Lisboa, ISCTE, MEIBD:

"Este estudo circunscreve-se ao tema da Gestão do Conhecimento organizacional. A Gestão do Conhecimento é entendida como uma filosofia ou estratégia de gestão dos recursos de informação e de conhecimento de uma organização. Através de processos, práticas e tecnologias, tem por objectivo transformar a informação e o conhecimento em activos e acções que visam a melhoria da produtividade, a inovação e a competitividade organizacional.

O estudo do tema e das problemáticas da Gestão do Conhecimento foi aplicado à realidade organizacional do "Departamento XPTO", organismo da Administração Pública. As finalidades do estudo foram as seguintes: 1) a aprendizagem organizacional; 2) a partilha do conhecimento; e 3) a melhoria (e aumento) da produtividade. Para se atingirem estas finalidades, o estudo compreendeu quatro objectivos: a) a constituição de uma base de conhecimento com meta-informação sobre os conhecimentos e competências individuais (mapeamento do conhecimento); b) o levantamento dos processos de informação e conhecimento; c) a inventariação, descrição e mapeamento das "Entidades de Recursos de Informação" (ERIs) de acordo com a metodologia "Infomap"; e d) a identificação de eventuais "barreiras" individuais e organizacionais que poderiam obstar à Gestão do Conhecimento.

Para o estudo da realidade organizacional foi adoptada a metodologia de "Estudo de Caso" - estratégia intensiva de investigação -, a qual faz uso de "múltiplas fontes de evidência", de modo a prover uma análise do contexto e dos processos envolvidos numa organização ou fenómeno. Assim, a recolha de dados congregou quatro métodos de pesquisa: dois questionários semi-estruturados ("A" e "B"); a descrição, inventariação e mapeamento de recursos de informação; e a observação participante.

De acordo com o diagnóstico realizado, desenvolveu-se um "Modelo Genérico de Intervenção da Gestão do Conhecimento". Este modelo compreendeu um "Sistema de Gestão do Conhecimento", (SGC) infra-estrutura tecnológica para gestão dos dados e da informação e um "Sistema de Intervenção Organizacional e Cultural" para gestão dos processos de informação e conhecimento (incluindo gestão de pessoas e grupos de trabalho), ambos de acordo com uma "Intenção Estratégica" para a qual existiria uma "Gestão Táctica".

O SGC assenta numa plataforma "Intranet", "web-based", que inclui tecnologias específicas que correspondem à «conversão» do conhecimento que deverão impulsionar o ciclo de aprendizagem organizacional. O "Sistema de Intervenção Organizacional e Cultural" assenta nos processos de "gestão táctica" do conhecimento: obtenção, utilização, aprendizagem e contribuição de informação e conhecimento."

Foi também oportunidade para rever colegas da 2ª edição do MEIBD, turma de 2001-2002, e colocar os contactos em dia. Dois de nós (eu e o Pedro) aguardamos que seja marcada a data para a defesa. Estamos a pensar marcar uma jantarada. Mais alguém por aí que faça parte do Mestrado em Estudos de Informação e Bibliotecas Digitais? ;-)
[Nota: procurar mais entradas neste blog (que já estejam indexadas pelo google) sobre MEIBD ou usando a palavra defesa]

9 comentários:

Anónimo disse...

Não encontrei a referência ao título da tese. Será possível?...
Obrigado
E.M.

Mónica André disse...

Cá fica:

Leonel Alegria (2004). Gestão do Conhecimento: Estudo de Caso no Departamento de Pesquisas e Intervenção da Administração Central. Lisboa, ISCTE, MEIBD.

Obrigada pelo reparo,
Mónica

PS - Aproveito para acrescentar, nesta data, esta informação no post.

simone disse...

Como posso conseguir este trabalho para leitura integral?

Mónica André disse...

Olá Simone,

Existe um exemplar deste trabalho na biblioteca do ISCTE (Lisboa, Portugal), mas como não sei em que parte do mundo a Simone se encontra (Brazil?) talvez possa contactar o autor do trabalho através do endereço que ele disponibiliza na sua página pessoal (http://myportal.no.sapo.pt/): leonel_alegria (@)netcabo.pt

Caso não consiga (ou esse email já não esteja activo) pode deixar aqui ficar uma mensagem com o seu contacto para que eu possa fazer chegar a mensagem por outros canais ao seu autor.

Fico à espera do resultado.
Obrigada pela visita,
Mónica

silvia disse...

posso obter uma copia da tua defesa de tese para leitura intgral via imail

Mónica André disse...

Olá Silvia,

Teria o máximo prazer em te enviar o contacto do autor desta tese (Leonel Alegria (2004), Gestão do Conhecimento: Estudo de Caso no Departamento de Pesquisas e Intervenção da Administração Central. Lisboa, ISCTE, MEIBD) mas não encontro forma de entrar em contacto contigo (no teu perfil não existe nenhum contacto - email, telef, etc).

Fico a aguardar o teu contacto. Podes enviar-me um email para:

monica [ponto] andre [arroba] gmail [ponto] com

Alessandra Alves disse...

Olá Mônica! Tudo bem? Gostei muito do que você escreveu sobre o trabalho do Leonel Alegria. Mandei um e-mail para ele, mas o e-mail voltou. Você conseguiu ter acesso ao arquivo desse trabalho? Se sim, pode me enviá-lo? Sou mestranda da UFMG e meu trabalho gira em torno da Gestão do Conhecimento e a implantação de ferramentas de compartilhamento nas empresas. Acredito que esse material poderá me ajudar de alguma forma.
Bem, de qualquer forma, obrigada!
Abraços Alessandra Alves

Mónica disse...

Olá Alexandra,

Tenho um contacto do Leonel que é do gmail: leonel (dot) alegria (at) gmail (dot) com

Nunca tive acesso a nenhum exemplar digital, mas penso que se entrares em contacto com ele talvez seja possível, tanto mais que já passaram 5 anos desde a defesa ;-)

Bom trabalho. Abraços,
Mónica

Marlon Veiga disse...

Muito interessante seu post sobre o assunto.
Qual as referências bibliográficas que utilizou? Queria mais mais conteúdo sobre este assunto.

Obrigado.